MEUS MELHORES DESENHOS ANIMADOS NO CINEMA

E aí galera, tudo bem com vocês?

Quem nunca passou horas assistindo desenhos ou buscou um bom filme para assistir? Nessa lista indico os meus melhores desenhos do cinema, confiram abaixo.

Rei Leão

reileao

Sinopse

Nele acompanhamos a trajetória de Simba, herdeiro do trono, que após a morte do seu pai foge do seu reino, por sentir-se culpado. Após conhecer Timão e Pumba, passa a viver um novo estilo de vida. Num evento do destino descobre que o verdadeiro culpado pela morte do seu pai, foi seu tio Scar. Assim decide voltar e retomar o seu lugar de direito.

Ano

1994

Curiosidades

Acessem o especial do blog REI LEÃO E SHAKESPEARE

Branca de Neve e Os Sete Anões

Branca_de_Neve

Sinopse

Nesse clássico conhecemos a princesa Branca de Neve, que após a morte de seu pai, vive junto com a sua vaidosa madrasta. Com o passar do tempo, sua beleza acaba incomodando sua madrasta, que ordena ao caçador de sua confiança que acabe com a sua vida. Devido ao seu carisma e beleza o caçador não consegue executar tal ordem e a princesa foge para a floresta. Durante sua fuga encontra uma pequena casa, onde encontra os 7 anões e os animais da floresta que sempre a protegem.

Ano

1937

Curiosidades

Branca de neve foi a primeira princesa de Walt Disney e foi a base para criação de todas as outras animações desse gênero.

Assim como muitos filmes da Disney, foi inspirado em um antigo conto tradicional alemão, contada de boca em boca através das gerações, e por fim eternizada pelos Irmãos Grimm.

Em 1939, Walt Disney recebeu oito Oscar’s especiais para o filme, um de tamanho normal e sete pequenos.

Branca de Neve e os Sete Anões foi o primeiro longa-metragem a ter uma trilha sonora.

Divertida Mente

Divertidamente.jpg

Sinopse

Esse que é o mais novo da lista, acompanha a vida de uma menina de 11 anos e suas emoções. Após uma mudança de cidade, acaba deixando a tristeza e alegria de fora do seu sistema de controle e isso causa grandes complicações em sua vida.

Ano

2015

Curiosidades

A inspiração do diretor e roteirizador Pete Docter para este filme, veio de acompanhar sua própria filha passar pela fase do crescimento.

O designer de produção Ralph Eggleston trabalhou por cinco anos e meio em Divertida Mente. Ele diz ter sido o filme mais longo em que já trabalhou e o processo mais difícil.

Décima quinta longa-metragem de animação da Pixar.

Havia uma série de televisão chamada “Herman’s Head”, que decorreu entre 1991 até 1994, possuindo o enredo semelhante a Divertida Mente (com algumas emoções diferentes e um pouco mais adulto).

Toy Story

Toy story

Sinopse

Essa produção acompanha o quarto de um menino de 6 anos Andy, com todos os seus brinquedos e principalmente o seu preferido o cowboy Woody. Na sua festa de aniversário Andy ganha o patrulheiro espacial Buzz Lightyear, que acaba gerando uma grande confusão no até então pacato quarto.

Ano

1995

Curiosidades

Primeiro filme realizado através da parceria entre Walt Disney e Pixar, além de ser o primeiro filme de animação inteiramente computadorizada.

Os personagens Woody e Buzz Lightyear foram inspirados em brinquedos da infância do diretor John Lasseter.

Cada frame de Toy Story levou de 4 a 13 horas para ser feito, dependendo da complexidade da cena em questão.

A Bela e A Fera

A bela ea fera

Sinopse

Nesse clássico acompanhamos a vida de um príncipe arrogante que foi amaldiçoado por uma feiticeira, tornando-o em uma fera e transformando seus empregados em objetos com vida própria. Sua unica chance de recuperar sua forma normal, é amando e sendo amado de coração. Ao conhecer Bela, uma menina muito inteligente e amante de livros, se apaixona e precisa conquistar seu coração para quebrar o feitiço, enquanto ainda é possível.

Ano

1991

Curiosidades

É o trigésimo clássico da Walt Disney.

O primeiro filme de animação a ser indicado para o Oscar de Melhor Filme em 1992.

Venceu os Oscar’s nas categorias de Melhor Música Original e Melhor Trilha Sonora.

É inspirado num conto popular francês de mesmo nome, publicado pela primeira vez no século 18 por Madame Suzanne de Villeneuve e recuperado mais adiante por Jeanne-Marie Leprince de Beaumont.

E aí galera, o que acharam dessa lista? Qual a lista de vocês?

Anúncios

REI LEÃO E SHAKESPEARE

E ai galera, tudo bem com vocês?

Quem ainda não assistiu o clássico Rei Leão está perdendo tempo, ele está no meu TOP 10 melhores filmes de todos os tempos, porém isso é fato consumado para a maior parte do mundo. Agora nesse post vou falar das principais inspirações para o roteiro desse nostálgico desenho da Walt Disney.

Quando entrou em produção, O Rei Leão era um pequeno projeto sem muito interesse e investimentos. Na época, a ideia era produzir um filme realista sobre os leões no seu habitat natural (Assim como os canais de documentários). Poucos envolvidos no projeto acreditavam no seu exito, incluindo o produtor Don Hahn que encontrou dificuldades em convencer os artistas do estúdio a participarem do mesmo. Durante seu período de  produção foi considerado um projeto nível B no estúdio, sendo as maiores atenções destinadas à POCAHONTAS.

 

TAO horizontal

 

Os diretores Roger AllersRob MinkoffDon Hahn focaram na criação do desenho, juntamente com os diretores Gary Trousdale e Kirk Wise de A Bela e A Fera. Dessa reunião desenvolveram a história de um jovem príncipe que tem o seu reino tomado pelo seu tio, após matar o seu pai, assim o príncipe foge com medo. Após muito tempo longe decide voltar par casa, através da ajuda do fantasma do seu pai.

Só que a comparação pode ficar ainda mais interessante quando a gente descobre que Hamlet também é uma obra que usou outra história como base. Pois é, Shakespeare se inspirou em uma lenda nórdica, que conta a história de um personagem chamado Amleth.

Nessa lenda, Amleth é um príncipe da Dinamarca, que tem o pai assassinado pelo próprio irmão. O tio do príncipe então se casa com a mãe de Amleth e toma o controle do reino. Dessa forma, Amleth é banido e enviado para a Inglaterra, após um período retorna convicto a matar o seu tio e tomar seu lugar no trono.

A lenda ficou mais conhecida na Europa graças a um texto do século XIII que narrava a história do príncipe, escrito pelo autor dinamarquês Saxo Grammaticus. E apesar de a história ser praticamente idêntica, existem diferenças pontuais, sendo a principal delas o temperamento do protagonista. Enquanto Amleth se torna um forte guerreiro que está completamente decidido a matar o tio, Hamlet é uma figura que passa boa parte da história em conflito, sem saber se é capaz de vingar a morte do pai.

 

TOP Sport

 

Recordando de O Rei Leão, sabemos que Simba após crescer, decide retornar ao reino e tomar seu lugar no trono. Ele é corajoso e destemido, assim termina enfrentando seu tio e o derrotando. No fim das contas, O Rei Leão é mais parecido com Amleth, devido a sua personalidade, do que a peça de Shakespeare.

Apenas lembrando que essas comparações, ficam apenas como inspirações, pois todas as produções de que falamos fazem parte de nichos diferentes.

Alguém já sabia dessas informações?