ENTENDENDO A ILHA DO MEDO (SHUTTER ISLAND) E ANDREW LAEDDIS

E aí galera, tudo bem com vocês?

ilha-do-medo-1

Para quem ainda não assistiu essa criação de Martin Scorsese, saiba que estou expressando minha opinião e se não desejam saber o Plot twist, assistam o longa primeiramente. Para pessoas que já assistiram e não entenderam ou querem dar sua opinião estou criando esse post.

O filme acompanha o detetive Teddy Daniels, na investigação do desaparecimento de uma paciente num hospital psiquiátrico. Dentro do hospital, situado numa ilha, ele precisa enfrentar os seus medos para concluir essa investigação.

No início do filme o personagem aparece como um delegado, com o nome de Teddy enviado com um novo parceiro chamado para investigar uma ilha que abriga um grande hospital psiquiátrico. Ao desembarcarem, são recebidos pelos guardas, que se mostram  apreensivos com a presença deles. Logo são avisados que podem percorrer toda a ilha, menos o Bloco C.

Porém tudo não passa de uma encenação com o objetivo de mostrar para os outros membros como uma pessoa enxerga determinadas ações ou o que ela espera receber quando ela mesma encena o outro. Nesse caso foi utilizada uma encenação complexa, de forma que todos os funcionários participem e testem Andrew laeddis.

Andrew Laeddis foi um ex-combatente de guerra, que acabou traumatizado após participar da libertação de um campo de concentração. Tudo o que presenciou nesse período passa a atormentar o veterano, isso também parece tê-lo tornado um homem seco e violento.

O mesmo é pai de três crianças e foi casado com Dolores Chanal. Um dia quando Andrew chega em casa, encontra Dolores sentada à beira do lago que havia atrás de sua casa, ao se aproximar encontra os corpos de seus filhos no lago. Sua esposa os afogou durante um surto psicótico, inconformado Andrew acaba matando Dolores.

Não conseguindo aceitar a realidade, ele desenvolve uma outra personalidade, Edward Daniels, um agente federal, que é designado a investigar esse suposto desaparecimento no hospital psiquiátrico.

Com sua medicação cortada o mesmo passa a sofrer diversos efeitos colaterais, como tremores, vômitos e alucinações. Ele atribui esses sintomas aos cigarros, que estariam o drogando e o fazendo ter todos os efeitos colaterais.

O que se mostra muito interessante, é a maneira como o fogo e a água recebem destaque no enredo. Sempre que está alucinando existe a presença de fogo, já quando está nos momentos mais conscientes a água esta presente.

No final da encenação o mesmo acaba retornando a realidade, tomando consciência de seus atos. Suas ações no passado, o atormentam e caso o tratamento não surtisse efeito o mesmo seria submetido à uma lobotomia. Após o procedimento ele provavelmente ficaria totalmente passivo, vegetando para o resto da vida sem consciência.

Esse é o momento que gera a maior discordância no filme, onde alguns discutem se ele ainda estava alucinando ou não. Eu acredito que não, porém ele decide escapar dessas lembranças e finge estar com os sintomas, para receber a lobotomia e nunca mais precisar conviver com esses sentimentos que o fazem ser o homem, que não pode proteger seu filhos e ajudar a sua esposa depressiva.

Então, o que vocês acham desse filme e da minha opinião?

Anúncios

GRAN CINE BARDOT E CASA DA POESIA

E aí galera, tudo bem com vocês?

P_20180921_113724

Em Setembro realizei uma viagem de férias para a região dos lagos no Rio de Janeiro, pensei que ficaria totalmente afastado do blog, porém acabei descobrindo alguns elementos culturais na região que chamaram muito minha atenção e resolvi falar um pouco sobre eles.

Gran Cine Bardot

Um pequeno cinema muito aconchegante e com um toque clássico, localizado na cidade de Búzios, possuí capacidade para 111 pessoas e seu maior destaque fica por conta do Festival de Cinema de Búzios.

Acabei descobrindo sua existência fora do período de funcionamento, que é de Quinta a Domingo, assim não assisti nenhum filme. Suas atrações são focadas em produções brasileiras e principalmente do cinema europeu.

P_20180921_113810

Esse Bardot do nome é uma homenagem para a famosa Atriz e ativista francesa Bridget Bardot, que no verão de 1964 visitou o então pequeno distrito de Cabo Frio, que após sua passagem se tornou uma das principais atrações do litoral brasileiro.

 

Casa da Poesia

P_20180922_203426_SRES.jpg

Esse pequeno centro cultural localizado na cidade de Arraial do Cabo, conta com um acervo livros sobre arte, fotografia, auto-ajuda, biografia, ficção brasileira e estrangeira, filosofia, gastronomia, gramática, poesia e vários outros temas. Desde sua fundação em 2007, o espaço desenvolveu trabalhos de divulgação e resgate cultural, assistência a grupos de estudo, oficinas e encontros didáticos, projeção de filmes, teatro popular, dança e saraus.

No período em que passamos na cidade, acompanhamos uma série de artistas locais que se apresentaram ao ar livre, realmente um lugar simples, porém que me passou uma sensação muito boa.

 

Bônus

Esses dois locais que abordei acima me pegaram de surpresa, pois acabam me interessando muito, além de ficarem dentro dos interesses do meu blog. Agora encontrei um ponto turístico com uma história muito antiga e extremamente legal.

Arraial-do-Cabo-Casa-de-Piedra-Praia-dos-Anjos-foca-na-folga

Casa da Piedra foi a primeira edificação de alvenaria construída pelo português Américo Vespúcio no Brasil, provavelmente em 1506. Por muito tempo foi deixada de lado, porém foi revitalizada e transformada num restaurante de muito bom gosto.

E então galera o que acharam? O litoral é fantástico e ainda possuí histórias muito legais para descobrir.

 

REI LEÃO E SHAKESPEARE

E ai galera, tudo bem com vocês?

Quem ainda não assistiu o clássico Rei Leão está perdendo tempo, ele está no meu TOP 10 melhores filmes de todos os tempos, porém isso é fato consumado para a maior parte do mundo. Agora nesse post vou falar das principais inspirações para o roteiro desse nostálgico desenho da Walt Disney.

Quando entrou em produção, O Rei Leão era um pequeno projeto sem muito interesse e investimentos. Na época, a ideia era produzir um filme realista sobre os leões no seu habitat natural (Assim como os canais de documentários). Poucos envolvidos no projeto acreditavam no seu exito, incluindo o produtor Don Hahn que encontrou dificuldades em convencer os artistas do estúdio a participarem do mesmo. Durante seu período de  produção foi considerado um projeto nível B no estúdio, sendo as maiores atenções destinadas à POCAHONTAS.

 

TAO horizontal

 

Os diretores Roger AllersRob MinkoffDon Hahn focaram na criação do desenho, juntamente com os diretores Gary Trousdale e Kirk Wise de A Bela e A Fera. Dessa reunião desenvolveram a história de um jovem príncipe que tem o seu reino tomado pelo seu tio, após matar o seu pai, assim o príncipe foge com medo. Após muito tempo longe decide voltar par casa, através da ajuda do fantasma do seu pai.

Só que a comparação pode ficar ainda mais interessante quando a gente descobre que Hamlet também é uma obra que usou outra história como base. Pois é, Shakespeare se inspirou em uma lenda nórdica, que conta a história de um personagem chamado Amleth.

Nessa lenda, Amleth é um príncipe da Dinamarca, que tem o pai assassinado pelo próprio irmão. O tio do príncipe então se casa com a mãe de Amleth e toma o controle do reino. Dessa forma, Amleth é banido e enviado para a Inglaterra, após um período retorna convicto a matar o seu tio e tomar seu lugar no trono.

A lenda ficou mais conhecida na Europa graças a um texto do século XIII que narrava a história do príncipe, escrito pelo autor dinamarquês Saxo Grammaticus. E apesar de a história ser praticamente idêntica, existem diferenças pontuais, sendo a principal delas o temperamento do protagonista. Enquanto Amleth se torna um forte guerreiro que está completamente decidido a matar o tio, Hamlet é uma figura que passa boa parte da história em conflito, sem saber se é capaz de vingar a morte do pai.

 

TOP Sport

 

Recordando de O Rei Leão, sabemos que Simba após crescer, decide retornar ao reino e tomar seu lugar no trono. Ele é corajoso e destemido, assim termina enfrentando seu tio e o derrotando. No fim das contas, O Rei Leão é mais parecido com Amleth, devido a sua personalidade, do que a peça de Shakespeare.

Apenas lembrando que essas comparações, ficam apenas como inspirações, pois todas as produções de que falamos fazem parte de nichos diferentes.

Alguém já sabia dessas informações?

OS IRMÃOS WAYANS

E aí galera, tudo bem com vocês?

Irmaos Wayans

A família é muito grande e talentosa, por isso citarei apenas os quatro mais famosos. Começando por Shawn e Marlon que com maior frequência aparecem juntos em grandes produções.

Shawn e Marlon

Shawn Mathis Wayans (47 anos) e Marlon Lawrence Wayans (46 anos), são parceiros inseparáveis e os que mais aparecem juntos atuando. As Branquelas, foi roteirizado por eles e dirigido pelo irmão mais velho (Keenen Ivory Wayans de quem falarei na sequência). Outra produção de destaque foi a franquia Todo Mundo em Pânico e suas sátiras de diversos sucessos dos anos 90 foram essenciais para seu sucesso. Ainda falando de Marlon ele participou do excelente Réquiem para um Sonho de Darren Aronofsky.

Damon

Damon Kyle Wayans (58 anos) é o famoso Michael Kyle do nostálgico Eu, a Patroa e as Crianças. Além de ator atua como roteirista e diretor. Sua aparição mais recente na televisão é em Máquina Mortífera (2016).

Keenen-Ivory-Wayans

Kennen Yvory Wayans (60 anos) é responsável por criar a premiada série In Living Color de 1994. Com Damon, Shawn e Marlon Wayans no elenco, foi responsável também por lançar ao estrelato Jim Carrey. Contou também com participações de Jennifer Lopez e Chris Rock. Como seus maiores destaques com diretor, estão Todo Mundo em Pânico 1, 2 As Branquelas. 

Além deles, ainda existem outros seis irmãos e três possuem carreira no cinema e televisão.

 

Sabiam dessas histórias? Conhecem outras famílias famosas na sétima arte?

 

SEGREDOS DO CINEMA: PLOT TWIST

E ai galera, tudo bem com vocês?

O roteiro é algo muito importante num filme ou série, em alguns casos o enredo acaba surpreendendo o público. São essas mudanças inesperadas na história que faz com que o longa seja interessante. Essas mudanças têm um nome especifico, Plot Twist. Aposto que você já deve ter ouvido falar nesse nome, mas sabe qual o verdadeiro significado?

Existem várias maneiras de escrever um Plot Twist, porém o mais conhecido é do final surpreendente, geralmente acontecendo no quarto final da história. E muitos roteiristas gostam de utilizar essa estratégia. Veja alguns melhores Plot Twist do cinema.

O Clube da Luta (1999)

David Fincher foi responsável por esse filme. Com um roteiro excelente, o filme resultou numa das melhores reviravoltas do cinema, quando descobrimos que os dois protagonistas são a mesma pessoa.

O Sexto Sentindo (1999)

O diretor M.Night Shyamalan trouxe um dos melhores suspenses já feitos e com um final surpreendente. O psicólogo que era responsável por ajudar o paciente que alegava ver pessoas mortas, no final descobre que ele estava morto e que o menino estava apenas ajudando-o.

TOP Sport

Os Outros (2001)

Com um roteiro bem elaborado, o final acaba surpreendendo a todos. No final descobrimos, que a mãe que protegia seus filhos das assombrações, eram na verdade as assombrações, pois ela assassinou seus filhos e se matou em seguida. Os fantasmas que a família via, eram na verdade as pessoas que estavam vivas.

SV Travel

Ilha do Medo (2010)

Somos apresentados a um final inesperado por Martin Scorsese. Onde descobrimos que o personagem de DiCaprio, que foi investigar o desaparecimento de um paciente num hospício, era na verdade o paciente que havia desaparecido.

Já conheciam essas informações? Conhecem outros pior twists tão bons quanto esses?

SEGREDOS DO CINEMA: EFEITOS ESPECIAIS E VISUAIS

E ai galera, tudo bem com vocês?

Sabem qual a diferença dessas duas técnicas utilizadas?

Efeitos Visuais

Tratam-se de técnicas, como produzir imagens computadorizadas (CGI) ou mesmo renderização e animação 3D, usadas para inserir novos elementos às cenas. Sendo que esses recursos são inseridos no filme, na pós produção.

Efeitos Especiais

Os efeitos especiais utilizam a manipulação da câmera e da iluminação para provocar modificações na cena. Colocar esses efeitos em prática exigem trabalhos com lentes da câmera, tipos de luzes ou movimentos que desenvolvem certo efeito para a cena. Ainda podendo envolver manipulação de eventos climáticos que possam interferir. Esses recursos são inseridos durante a produção.

Então umas das grandes diferenças entre as duas, é que são introduzidas na produção em momentos diferentes.

Exemplo bem sucedido de Efeitos Especiais:

Capitão América: O Primeiro Vingador (Steve Rogers extremamente magro foi totalmente produzido).

Steve Rogers

 

Exemplo bem sucedido de Efeitos Visuais:

Coração Valente (As cenas de batalhas são todas com atores reais, nadinha de CGI).

coração valente batalha

 

Então galera sabiam dessas diferenças?

 

 

 

 

SEGREDOS DO CINEMA: VERSÃO ESTENDIDA

E ai galera, tudo bem com vocês?

Versão estendida

Galera quantas vezes já viram aqueles filmes, com as informações de versão do diretor ou versão estendida.

Então, essas são cenas não utilizadas pelo diretor na edição final. Muitos diretores acabam gravando algumas cenas a mais ou até mesmo, acabam utilizando cenas de improviso, que se encaixam melhor do que as que estão no roteiro.

Existem muitos diretores que seguem sua programação e não criam esse tipo de material extra, porém existem muitos casos em que esse tipo de artifício é utilizado, para venda de mídias algum tempo depois de sua produção original, assim conseguindo melhorar as cifras finais.

Alguns dos filmes com grandes e interessantes versões estendidas são, a Trilogia Senhor dos Anéis, Batman v Superman: A origem da justiça e Blade Runner: O caçador de andróides.

E ainda existem aquelas opções que a versão não acresecentou nada de positivo, como nos filmes Robin Hood Principe dos ladrões, Carrie a estranha (2013) e Gladiador.

Sabiam dessas informações?

 

SEGREDOS DO CINEMA: POR QUÊ O 3D NÃO FAZ SUCESSO NOS CINEMAS?

E ai galera, tudo bem com vocês?

Avatar 1

História

Essa tecnologia que hoje é amplamente conhecida e muito utilizada no cinema, tem uma longa história. No século XIX foi patenteada, mas somente em 1922 aconteceu a primeira produção. The power of Love foi um filme mudo, preto e branco que não impressionou o público, tendo sido exibido apenas duas vezes em 3D.

Em 1952, o filme Bwana Devil estreou sendo amplamente rejeitado pela critica, mas o público em geral gostou da ideia de ver filmes em 3D. Em 1953 os estúdios Walt Disney lançavam o primeira desenho animado em 3D, Melody.

Apesar do relativo sucesso inicial, as pessoas com o tempo passaram a rejeitar a tecnologia, já que ela costumava ter o valor mais alto que o normal e causavam frequentes enjoos em seus espectadores.

Nos anos 80 alguns projetos envolvendo a tecnologia IMAX (Filmes gravados em 70mm), Disney e Michael Jackson iniciaram uma nova era do 3D. Mas apenas em 2004 com The Express Polar, que atingiu números expressivos nas bilheterias que os grandes estúdios passaram a investir pesado. Em 2006 o filme Superman Returns foi totalmente gravado em 2D e transformado em 3D na pós produção e isso realmente iniciou essa nova fase.

James Cameron que no passado já havia produzido um especial para Terminator 2: Judgment Day para os parques da Disney, colocou o projeto Avatar em pratica, já que nessa altura acreditou que era possível produzir todas as características para essa produção. E sem duvida alguma ele atingiu o sucesso, sendo o primeiro filme a atingir a marca de 2 bilhões nos cinemas.

Produções bem sucedidas

Nesses quase dez anos de utilização do 3D nas produções, existem algumas produções que realmente foram produzidas com esse tipo de tecnologia, a seguir uma lista deles:

  • Avatar
  • Hugo (A invenção de Hugo Cabret)
  • Hobbit
  • Resident Evil Retribution
  • Life of Pi (As Aventuras de Pi)
  • Ready Player One (Jogador número 1)

Mas na grande maioria das vezes, a tecnologia é colocada apenas na pós produção e dessa forma poucas cenas são vistas. Assim como no passado essa tecnologia envolve custos maiores nas salas de cinema, para os espectadores que na maioria das vezes precisa desembolsar o dobro do valor nos ingressos e para os cinemas que precisam adquirir os óculos responsáveis, além da higienização e embalagem necessários a cada exibição.

Dessa maneira, a grande população acaba preferindo assistir o filme em 2D e essa opção se realmente fosse bem utilizada iria melhorar muito a qualidade dos filmes, tornou-se apenas um problema.

Alguém aí assistiu mais algum filme que utilizou o 3D muito bem?

SEGREDOS DO CINEMA: PIPOCA

E ai galera, tudo bem com vocês?

pipoca

História da pipoca

Tudo começa no início do século 19, quando os cinemas dos EUA descobriram um tipo de milho na América do Sul que estourava quando exposto ao calor, resultando em algo que passou a ser conhecido como “popcorn”.

Ao contrário do que poderíamos pensar, a pipoca demorou bastante para ter o seu lugar dentro das salas de cinema. No final do século 19 e início do século 20 a pipoca já era muito popular, após a criação das primeiras pipoqueiras, era vendida em feiras, parques e circos.

Eles temiam que teriam muito trabalho para limpar os carpetes e as poltronas (e sem ventilação nas salas, o cheiro era forte demais).

Na época, a ideia era tornar o cinema um lugar de elite, um espaço luxuoso moldado nos teatros. Onde ninguém come pipoca.

Mesmo com essa resistência inicial, os ambulantes levavam seus carrinhos para a porta dos cinemas e vendiam o “Cracker Jack”, que é uma mistura de pipoca, açúcar queimado e amendoim.

Vontade de comer pipoca no cinema

Você já se perguntou por que a pipoca é associada a assistir filmes? Na verdade, isso foi uma tradição enraizada em nossa cultura durante a Segunda Guerra Mundial, quando os doces feitos de açúcar se tornaram mais escassos devido a uma crise na produção de cana de açúcar. A pipoca só foi realmente vendida nos cinemas para substituir os doces que estavam em falta na época. Além disso a pipoca era um alimento mais barato de ser produzido e que apresentou um lucro maior.

Não consegue resistir ao cheiro de pipoca? É tudo proposital. Eles estouram as pipocas em uma mistura de coco e óleo de canola e usam alguns aditivos destinados a incentivar seu olfato e fazer com que você compre pipoca.

Já conheciam essas informações?